Cine Montanha encerra I Mostra de Ecoturismo com público de 1.135



Publicado por: COMTUR  :  Categoria: Uncategorized

Urubici/Serra Catarinense

Cine Montanha encerra I Mostra de Ecoturismo com público de 1.135

img_2911

Nem mesmo as baixas temperaturas que variaram entre 1 à -3 graus celsius espantaram quem aprecia o cinema, no município de Urubici, na Serra Catarinense. A I Mostra de Ecoturismo encerrou nesta segunda, 06 de junho, contabilizando um público de 1.135 entre estudantes, comunidade e turistas, junto ao Salão da Capela.

A Mostra foi realizada pelo projeto Cine Montanha e integrou as atividades da Semana de Ecoturismo em comemoração aos 50 anos do Parque Nacional de São Joaquim. Durante a semana de 28 de maio à 04 de junho – enquanto o Parque Nacional abria suas portas, pela primeira vez, para atividades ao ar livre de passeios de bicicleta, vôo livre, caminhada e cavalgada – o Cine Montanha apresentava uma seleção de filmes documentários - média e curta metragens sobre esportes de aventura, curtas de animação sobre meio ambiente, agricultura e diversidade cultural brasileira e vídeos institucionais da serra catarinense que mostram trilhas, destinos, história e tradições serrana.

“Cine Ambiente”, “Revelando os Brasis” e “ Surf nas montanhas” animaram as escolas

Durante os 10 dias as sessões foram abertas, manhã, tarde e noite, gratuitamente. Na programação, um leque especial e títulos para as escolas mobilizadas através de parceria permanente do Cine Montanha com a Secretaria Municipal de Educação e com o apoio do Colégio Santa Clara, só este com mais de 200 alunos. As exibições foram marcadas pela projeção dos micro curtas Cine Ambiente. Nove títulos em animação (Bafo Quente, Bilhões de Àrvores, Urso Despolar, Gente Grande, Diário da Terra, Caixa, Bom Tempo, Ponto de Equilíbrio e Efeito Estufa) prenderam um público de cerca de 850 estudantes na temática “mudanças climáticas”. Na platéia a maioria crianças e adolescentes, salvo as poucas exceções, um público que nunca ou pouco foi ao cinema. As exibições previstas para encerrarem no sábado, 04, precisaram ser estendidas por mais um dia para atender 170 crianças da rede municipal de ensino, que ainda não tinham participado. A exibição do Cine Ambiente foi resultado de uma parceria do Ministério do Meio Ambiente e Secretaria Nacional do Audiovisual que autorizam seu uso na Mostra.

Também foram para o telão vídeos sobre o Parque Nacional de São Joaquim e permacultura cedido pela ONG Asa Branca de Brasília além de curtas produzidos por brasileiros de municípios com até 20 mil habitantes que participaram do projeto Revelando os Brasis do Instituto Marlin Azul que disponibilizou para a Mostra de Ecoturismo 20 títulos do projeto, sendo mais exibidos: O Circo Chegou, Os Faxinais: Uma História de Luta e Amor à Terra, O Dono do Carnaval, Manã Bai, De Tempos em Tempos e “Tropeiro”.

Melhor Idade reservou sessão exclusiva para ver Tropeiro e Cine Ambiente

O Filme Tropeiro, de Arthur Gomes dos Santos (PE) conta sobre os tropeiros que, até os anos 50, transportavam as mercadorias nos lombos dos burros pelo sertão, foi solicitado especialmente para ser visto por 28 pessoas do grupo da “Melhor Idade” que reservam a sessão só para eles na manhã de quarta-feira, 25. O motivo é que o Tropeirismo também faz parte da história da Serra Catarinense e recentemente o tema havia sido discutido entre o Grupo que freqüenta as atividades do Centro de Atendimento em Assistência Social de Urubici (CRAS). Além desse também prestigiaram os micro curtas do Cine Ambiente.

Outra parceira do Cine Montanha na I Mostra de Ecoturismo foi a Mostra Internacional de Filmes de Montanha do RJ que oportunizou o contato com os diretores de produções exibidas na Mostra Internacional como “Caminho Teixeira”, “Tupungato – acima de 6 mil”, “100km no Cerrado” , “Ciclos” com parceria da Sol Paraglider de Jaraguá do Sul e “Surf nas Montanhas” que foi apresentado pelo próprio diretor , o cineasta carioca Gabriel Alho.

“Surf nas Montanhas” foi apresentado pelo Cineasta Gabriel Alho

Depois de estrear na 10 Mostra Internacional de Montanha do RJ, foi a vez do curta metragem “Surf nas Montanhas” brilhar também em Urubici. Fora do clima do aquecimento e adrenalina solta entre os atletas do mountain board que só se via no telão, o público procurou se aquecer a base de quentão e pinhão que corria solto na fria noite de quinta, 06, mas de bastante calor humano, afinal quase 70 pessoas prestigiaram o filme e também o bate-papo com Gabriel Alho. Fora da sessão especial, o filme foi grande sucesso entre a garotada das escolas.

O cineasta carioca se adiantou e chegou na cidade dois dias antes de sua apresentação para além de divulgar sua produção também conhecer melhor Urubici e a serra catarinense. Deslumbrado com as belezas naturais e com as semelhanças do local com Mauá (RJ) onde gravou o curta-metragem, diz Gabriel que voltará em julho para dar início a alguma produção audiovisual e ajudar a desenvolver uma pista e dar aulas de mountain board - O esporte que usa o skate para descer montanha e cachoeiras. O diretor é também praticante deste esporte radical. Em Urubici, Gabriel Alho, a convite da Secretaria Municipal de Turismo – parceira do Cine Montanha, fez a trilha da Pedra Furada. Gabriel Alho subiu a montanha acompanhado pela diretora de turismo do município Beatriz de Oliveira, pelo Guia de Turismo Iran Kroda, além da jornalista voluntária do Cine Montanha Vanessa de Oliveira e Daniela da Luz, gerente de projetos do município. O Grupo percorreu em caminhada durante cinco horas o ponto mais alto da Serra Catarinense (Morro da Igreja/1.822m), mostrando um pouco mais de perto a “cordilheira catarinense” para o cineasta que capturou imagens para divulgação.

Agricultores e entidades do campo lotaram sessão especial “Noite Rural”

TV Futura, diretores e Acolhida na Colônia promoveram longo bate papo com o  público - Nas sessões noturnas o público era formado por comunidade urbana e grande parte do campo, nos finais de semana também turistas. Uma noite da programação foi dedicada especialmente para exibir audiovisuais para o público de agricultores. A “Noite Rural” na terça, 31 de maio. Cerca de 90 pessoas, homens, mulheres e jovens e entidades ligadas ao campo prestigiaram o documentário “Celibato no Campo” que foi apresentado pelos próprios diretores do filme os jornalistas Cassemiro Vitorino e Ilka Goldschmidt. Num segundo momento foi exibida a série em vídeo “Diz aí juventude rural” produzida pelo Canal Futura que contou com a presença, da jornalista Zilda Piovesan representando o Futura e que colocou o Canal à disposição para parcerias futuras tanto com o Cine Montanha como com as entidades presentes. A Sessão Noite Rural, regada a quentão e pinhão, proporcionou um bate papo aproximando diretores e público que conversaram sobre as temáticas abordadas pelos audiovisuais intermediados por representantes do projeto “Acolhida na Colônia” que proporciona o turismo rural na serra com vivência nas atividades no campo. Noite rural teve o apoio das entidades de Urubici, representantes do homem do campo: Epagri, Cooperativa de Crédito Rural (Siccob), Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Sindicato dos produtores Rurais, além de lideranças comunitárias do campo. Para exibição dos audiovisuais da “Noite Rural” o Cine Montanha contou com a parceria do Canal Futura, do projeto Acolhida na Colônia e Margot Produções que levou ao público “Celibato no Campo”.

O Projeto Cine Montanha

O Cine Montanha é um projeto de iniciativa popular, totalmente voluntário coordenado pela jornalista e pós-graduanda em cinema Luciana Vaz. O Projeto se articula com outros eventos, sempre formando parcerias. Tendo como parceiro permanente a Secretaria de Educação do Município. Objetiva a formação de público para despertarem o gosto e o hábito de freqüentarem o cinema. O Projeto está focado em três eixos temáticos: exibição de audiovisuais de esportes e turismo de aventura e contemplação, vídeos institucionais; sustentabilidade no campo e que dialoguem com identidade cultural da serra catarinense. A iniciativa teve sua primeira experiência em 2010, através de exibições para cerca de 1000 estudantes. A proposta do Cine Montanha também é envolver o público na produção de audiovisuais, especialmente crianças e adolescentes. Para tanto neste primeiro momento, já conta com um grupo de monitores, através de uma parceria com o CRAS – Centro de Atendimento em Assistência Social de Urubici.

O Cine Montanha está blogado em WWW.cinemontanha.blogspot.com

Por: Jornalista Luciana F. Vaz (Mtb 8277)

Cine Montanha

049 32784937 e 049 88274272




VEJA OUTRAS NOTICIAS SEMELHANTES A ESTA:
Fatal error: Call to undefined function similar_posts() in /home/portalde/public_html/wp-content/themes/earth/single.php on line 46