URUBICI

Vale do Rio Canoas [foto: Marcelo Maestrelli]

Localizada no fértil Vale do Rio Canoas, Urubici é considerada uma das maiores produtoras de hortaliças de Santa Catarina. Também se destaca pelo cultivo de maçã, especialmente com a variedade Gala, considerada a melhor de toda a região serrana. Outro aspecto importante é o cultivo de erva-mate, produto básico do tradicional chimarrão do brasileiro, e apreciado nos países do Mercosul. Hoje se destaca também como importante polo do segmento de Ecoturismo do Sul do Brasil.

Inscrições Rupestres [Foto: Marcelo Maestrelli]Por marcar a história de várias civilizações, Urubici exibe até hoje a passagem de seus primeiros habitantes. São sinais registrados em pedras há pelo menos 40 séculos, comparável às inscrições encontradas em alguns outros pontos do litoral catarinense.

Privilegiada por uma paisagem muitas vezes comparada à Europa, Urubici está situada no ponto mais elevado de Santa Catarina.

Cachoeira do Avencal [Foto: Juan Rivas]Em todos os caminhos, o visitante encontra surpresas jamais vistas em outros lugares. Obras da natureza, as cascatas revelam o respeito que a população local tem por sua terra, percebido pela preservação desses locais de beleza indescritível. Um exemplo é a Cachoeira do Avencal, com água despencando em queda-livre a mais de 100 metros de altura.

Pedra Furada [Foto: Juan Rivas]Outro local de destaque é o Morro da Igreja, com 1.822 metros, que permite enxergar todo o Litoral Sul Catarinense. Nesse morro, chama a atenção a Pedra Furada, uma verdadeira escultura natural em forma de janela, ligando formações rochosas a exuberantes e preservadas matas nativas. Não deixe de conhecer também as Inscrições Rupestres, a Cascata véu de Noiva, a Serra do Corvo Branco, o Morro do Campestre, a Gruta Nossa Senhora de Lourdes e a Igreja Matriz Nossa Senhora Mãe dos Homens.

As montanhas da Serra Catarinense, região com altitudes próximas aos 1800 metros, registram as temperaturas mais baixas do Brasil. Foram os fazendeiros da região que criaram o turismo rural, adaptando suas fazendas centenárias para receber hóspedes. Os serranos encantam os visitantes com a hospitalidade calorosa, a comida farta e deliciosa e a oferta de atividades ao ar livre, como as cavalgadas, caminhadas, passeios de bicicleta, que rapidamente sintonizam o visitante com a natureza.

Manhã de geada em Urubici [foto: Marcelo Maestrelli]A Serra Catarinense é a região mais fria do Brasil. E é o único lugar do país onde neva todos os anos, mesmo que por poucos dias, durante o inverno. A paisagem de araucárias (Pinheiro do Paraná), campos e taipas (muros de pedra basalto) cobre-se inteiramente de branco e até as águas das cachoeiras congelam. Fazendas centenárias, a cultura Campeira, a culinária típica e visões bucólicas de povoados rurais complementam o belo espetáculo da natureza agreste da Serra Catarinense.

O frio e a paisagem de pinheiros, vastos campos com gado pastando e grandes cânions são um cenário curioso e surpreendente num país majoritariamente tropical como o Brasil – mesmo no verão, a apenas 100 quilômetros do litoral, respira-se um revigorante ar de montanha. Cavalgar em paisagens deslumbrantes e depois descansar em frente ao fogo de chão, degustando a saborosa comida campeira, são programas típicos da Serra Catarinense.

Fonte: Wikipédia
Mapa: Raphael Lorenzeto de Abreu

Veja também: